A Tentação de Jesus

Mt 4:1

A vida é muito difícil. A porta que leva ao céu é estreita, o caminho curto, disse Jesus. Paulo fortaleceu os irmãos dizendo que no reino de Deus só se entra através de muitas tribulações. Portanto, a mensagem da teologia da prosperidade, aquela que tenta passar a idéia de que crente não sofre, é dita somente pelos muitos falsos profetas de plantão do nosso país. Além de todos os sofrimentos existentes, somos também tentados pelo diabo, em todo o tempo. Entretanto, vale lembrar que tentação não é pecado, se fosse, Jesus seria o maior pecador de todos (Hb 4:15). Aqui vai alguns princípios retirados na tentação de Jesus:

1-As maiores tentações sãos de fé


A maior tentação de Jesus não foi de pão, foi de fé. “Sé és filho” cadê o milagre? “Se és filho” cadê o pão? O diabo sempre tentará minar a nossa fé, porque ele sabe que primeiro a pessoa cai da fé, depois no adultério, no roubo e etc…

2-O diabo nos tenta em tempos difíceis.     “teve fome. Então”


Satanás é como o abutre que ao ver a presa frágil e debilidade, pousa do lado esperando apenas a hora certa para abocanhá-la. Foi no momento que Jó perdeu tudo que o diabo pousou através dos lábios de sua esposa para dizer: “Amaldiçoa o teu Deus o morre”.
É claro que o diabo também nos tenta nas épocas de vacas gordas, na realidade, ele nos tenta em toda e qualquer situação com o objetivo de nos levar para longe de Deus. Se for pobre, ele me diz: “Nossa, vale a pena servir a Deus assim? Se fosse você chutava o barco”. Se for rico ele declara: “Ah, para que você precisa de Deus? Quem conseguiu conquistar tudo o que você conseguiu não precisar ficar ouvindo pastor e nem freqüentando igreja”.

3-O diabo é persistente em suas tentações


Diz o que texto que Satanás tentou Jesus três vezes. O diabo não desiste facilmente de nos derrubar, sendo assim nós também precisamos ser perseverantes se não quisermos cair.
É dolorido ser perseverante, é difícil, é coisa de gente grande. Vê se criança consegue ser perseverante. Claro que não, porque ela só faz aquilo que gosta e que é prazeroso.
Ir à igreja, orar, dar dízimo, nem sempre gostoso. Mas por que insistimos em fazer tudo isto? Porque acreditamos que é o certo e por isto perseveramos. O profeta Jeremias, em Jr 25:3, declara que durante vinte e cinco anos ele se levantou de madrugada e pregou a palavra do senhor para um povo que não o escutou. É fácil ser pastor de uma igreja grande e maravilhosa, agora o que levá-la Jeremias a pregar durante tanto tempo para um povo de coração duro? Ora, por que Deus mandou, sendo gostoso ou não, Jeremias obedecia a Deus.
Em qualquer área da vida, a perseverança é um dos maiores ingredientes para a vitória. As vezes alguém pergunta: “Qual é o melhor negocio?” e minha resposta é sempre a mesma: “Aquele que a gente faz por um longo tempo”

4-Só come o melhor de Deus quem rejeitou o pior do diabo

Há uma idéia no meio cristão que declara: “O que Deus me deu, ninguém tira”. Isto é mentira, porque Esaú perdeu o direito de primogenitura, Saul perdeu o reino e a primeira geração de Israel ficou sem Canaã.
O diabo ofereceu para Jesus um pão vindo da pedra. Como Jesus rejeitou o “pão-pedra” do diabo, Deus deu um banquete para ele servido por anjos. Quer comer das mãos de Deus? Então rejeite o miojo rápido e fácil do diabo.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s