O Caminho do Perdão

Certa vez conversava com uma mulher que me dizia que havia feito algo muito grave, que também não tinha dado a assistência necessária à um familiar, e que de certa forma não tinha se esforçado para ajudá-lo de modo que esse familiar morreu e sem ajuda nenhuma. Essa mulher me contava de suas angustias e que tudo isso produzia um peso tremendo em suas costas. Essa mulher não conseguia perdoar a si mesma.

Estou cansado de ver pessoas na mesma situação dessa mulher. Pessoas que pecaram e não conseguem perdoar a si mesmas. Pessoas que devido á muitos fatos que ocorreram em suas vidas sentem como se fossem imperdoáveis. Sentem uma culpa exagerada. Como se não houvesse mais jeito em suas vidas. É o pai que não consegue se perdoar, se culpa por ter perdido seu filho que estava nas drogas. É a jovem que usou drogas e não para pois acha que não tem mais jeito em sua vida. E se fossemos citar mais situações seriam incontáveis.
Mas o fato central de hoje é que há pessoas que não conseguem por alguma razão perdoar a si mesmas. Acham que Deus perdoa um palavrão mas não perdoa uma traição. Meu Deus, basta lermos a bíblia e vermos que Deus não fala bem assim pelo contrário, veja só em…

I JOÃO 1:9

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos PERDOAR os pecados e nos purificar de toda injustiça.
Ele não cita um pecado específico, ele apenas cita a palavra PECADO. Ele não fala que um pecado é maior que o outro, ou mais digno de perdão do que outro e sim apenas cita pecado. Afinal para Deus não há pecadinho ou pecadão e sim pecado. Veja só se você se arrependeu mesmo de seus pecados Deus é justo e já te perdoou. Então não há por que sentir que não há perdão.
Se você tem um coração arrependido, Deus não vai ficar te culpando pelo que você já fez.
O que temos que saber é que nós só temos um jeito de nos perdoarmos. É pedindo perdão para Deus. E perceba se você já foi perdoado por Deus, não há por que se culpar.
Quando há um arrependimento Jesus entra em sua vida. Por isso você tem que se arrepender!!! Veja bem em…

II CORINTIOS 5:17

Pelo que, se alguém está em Cristo, NOVA CRIATURA é; as coisas velhas já passaram; eis que TUDO SE FEZ NOVO.

Quando você se arrepende das coisas que você praticava antes de ser cristão, tudo se faz novo em sua vida.
Mas as vezes,não sempre, as vezes pessoas mesmo após terem pedido perdão a Deus continuam se culpando. Queridos isso não é arrependimento. Só pode ser duas coisas…

1.REMORSO

Mateus 27:3-5

Então Judas, aquele que o traíra, vendo que Jesus fora condenado, devolveu, compungido, as trinta moedas de prata aos anciãos, dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Responderam eles: Que nos importa? Seja isto lá contigo.

E tendo ele atirado para dentro do santuário as moedas de prata, retirou-se, e foi enforcar-se.

Como aquele menino que havia certa vez roubado uma maçã. E sentiu remorso e orou assim:
Senhor me perdoe por ter roubado essas duas maçãs. O dono da venda ouviu ele orar e perguntou: Garoto foi nobre sua atitude mas você me roubou apenas uma maçã e não duas. O garoto então lhe disse: Não senhor eu estou pedindo perdão pela maça que eu roubei hoje e pela maça que eu vou roubar amanhã.
Você viu nessa ilustração que o menino já pedia perdão pois sabia que apesar de se sentir mal, não iria parar de fazer o que fazia. Judas também não se perdoou nada. Apenas se sentiu mal. Por isso deixou o inimigo falar em sua mente a ponto de se matar depois.
As vezes as pessoas dizem que não se perdoam por que não se arrependeram nada.
Quem se arrepende geralmente sente a alma mais leve. Dificilmente após o perdão a pessoa se culpa, a não ser que seja por…
2. OPRESSÃO
Como nós sabemos o diabo é um opressor mentiroso. Há situações em que nos arrependemos, mesmo assim ele fica nos acusando pelo que já fizemos no passado, dizendo que nós não no livramos do pecado. Isso é opressão, mentira dele. Sabe aonde temos certeza disso? No nosso dia-a-dia.
Nossos frutos dirão o quanto o diabo é mentiroso e se nós nos arrependemos verdadeiramente. Portanto mesmo que o diabo fique lançando em sua mente coisas que você fazia no passado, dizendo frases como: Você não se arrependeu nada. Você é isso ainda. Você é o mesmo. Jesus não entrou em sua vida nada.
Saiba que ele também fala em terceira pessoa viu?
Tire o: você. E coloque o: eu .Viu só é sempre assim.
Meu querido não acredite e não dê legalidade para ele.

LUCAS 4 :9-13

Então o levou a Jerusalém e o colocou sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo;
porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito, que te guardem;
e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.
Respondeu-lhe Jesus: Dito está: Não tentarás o Senhor teu Deus.
Assim, tendo o Diabo acabado toda sorte de tentação, retirou-se dele até ocasião oportuna.

Faça como Jesus. Não ceda as tentações de Satanás. Ele, apesar de ser tentado pelo diabo, não se deixou levar.
Portanto meu querido, não há por que se não perdoar, seja por tentação, opressão ou não. se perdoe, veja se você se arrependeu mesmo, Jesus já entrou em sua vida como diz em II Coríntios 5:17 Você é Nova Criatura.
E se você não se arrependeu verdadeiramente ainda. Arrependa-se de seus pecados para que Deus entre em sua vida e você seja mais um perdoado e salvo.

Autor: Heverton de Oliveira

Humanidade Perdida

Vivemos em uma época onde as coisas materiais possuem muito mais valor do que as coisas espirituais ou sentimentais.

Posso citar um exemplo: é desanimador ver pessoas que só pensam em crescer financeiramente e deixam de canto o lado bom da historia, isto é, usufruir daquilo que conquistou; pessoas deixam suas famílias em casa durante meses para fazer uma viagem de negocio no exterior e quando voltam já tem outra viagem marcada, quando vai se perceber isso já se foram cerca de quinze anos e o convívio familiar já foi esquecido.
Esse momento da humanidade, o século 21 tem de fato influenciado as pessoas para que elas a cada dia se liguem mais nas coisas terrenas, se importem muito mais com um carro do que um momento na presença de Deus.
O fato é que o corre-corre e o stress de nossos dias tem afastado as pessoas de Deus. Mas …

POR QUE AS PESSOAS VIVEM PERDIDAS?


Sabe por que as pessoas as pessoas vivem perdidas, procurando um rumo? Sabe por que as pessoas tem buscado as respostas para suas questões em drogas, religiões subversivas, em conquistas materiais, amores deturpados e mais uma infinidade de coisas que não vão de acordo com o verdadeiro foco pelo qual nós deveríamos estar perseguindo?
Aí vai a resposta:


1 – ELAS ESTÃO DEBAIXO DA IRA DE DEUS

Isso mesmo, a mão de Deus está posta sobre elas. As pessoas andam perdidas e desesperadas, por que não encontram paz em Deus. Martin Loyd Jones, um dos maiores líderes cristãos do século 20 disse:

‘’O mundo em que vivemos é tão desgraçado que necessita voltar-se para as drogas. As pessoas não podem viver sem isso. Por que estão desesperadas.’’

As vezes quando leio artigos de Martin Loyd Jones eu penso: Meu Deus este homem foi usado por Deus mesmo! Ele era um pregador que falava a cerca de fé, benção espiritual e amor de Deus sim, mas sem deixar de lado mensagens sobre a cruz,a ira de Deus, assuntos que são decididamente um marco para a conversão de um cristão e o reconhecimento de que ele precisa de Deus.
Foi lendo um de seus livros: Cristo e Este Crucificado que me veio o desejo de me aprofundar nesse assunto até que Deus me levasse a chegar a esse texto que está sendo lido ou ouvido por você.
A cerca de nosso mundo moderno Martin Loyd Jones afirmou:

‘’Não está servindo de nada toda a nossa educação, cultura, filosofia, política e tudo o que temos feito, o mundo está cada vez mais confuso.Por quê? Por que Deus odeia a maneira em que o mundo está vivendo’’.

E isso é tão fato que a bíblia diz em Isaias 57:21 ‘’Não há paz para os ímpios, diz o meu Deus.’’ E reafirma em Romanos 1:18 ‘’Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.’’ E não deixa duvidas em Proverbios 13:15 ‘’O bom entendimento favorece, mas o caminho dos prevaricadores é áspero.’’


Mas há muitos outros motivos, um deles é o retrato da nossa geração… Talvez o princípio das dores dito por Jesus em Mateus 23…

2 – ESTA FALTANDO AMOR

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.Mas todas estas coisas são o princípio de dores.Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.

Como eu disse no começo do que adianta ser um executivo de sucesso, ganhar fortunas, rios de dinheiro, viajar o mundo em busca de dinheiro e conseqüentemente felicidade se essa pessoa não passa sequer um momento com sua família. Certa vez Madre Tereza de Calcutá questionada a respeito de como conseguir paz no mundo ela respondeu: ‘’Vocês querem paz no mundo? Então voltem para suas casas e amem suas famílias.’’

Com toda certeza é correta essa frase dita por ela. Se você não tem sequer um relacionamento de amor com a sua família, você provavelmente não tem também um relacionamento com Deus. Isso explica o porquê de tantas desgraças no mundo. A falta de amor um pelos outros ocasiona afastamento de Deus e o afastamento de Deus é a causa de o ser humano estar perdido. Jesus em Mateus capitulo 5 fala sobre isso,ele dá a interpretação correta a cerca de um mandamento aos judeus sobre o amor que temos que ter um pelos outros, se amarmos uns aos outros é um indicio de que nos tornamos filhos de Deus, veja só:

Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus…
Se os seres humanos buscassem amar uns aos outros é muito provável que ele não estivesse nessa situação em que se encontra hoje. Por isso, nosso dever de pessoas transformadas por Jesus é buscar amar uns aos outros para que confirmemos que o Espirito Santo habita em nós, afinal, só sabemos se uma pessoa é usada pelo Espirito Santo se ela dá frutos, ser usado e ter o Espirito Santo não é pular feito um macaquinho muito mais falar umas línguas que parecem aquelas faladas na Africa mais precisamente pelos papagaios de lá se é que existem papagaios, conheço muitos que fazem isso aos domingos mas no seu dia-a-dia não honram seus pais, falam palavrões e não tem lá um testemunho muito bom diante das pessoas, ter o Espirito Santo é amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
No entanto há esperança para a falta de amor!
Há uma forma de nos reconciliarmos com Deus!
Como nós podemos então nos reconciliar com Deus para que os frutos do espírito entrem em nossas vidas?

É SABER QUE CRISTO MORREU PELOS NOSSOS PECADOS,
SUPORTOU O CASTIGO QUE NOS CABE,
SOFREU A CULPA QUE NOS PERTENCE.

Quando você reconhece isso munido de um sentimento de arrependimento a cerca dos pecados que você tem cometido, e crescendo a cada dia na presença de Deus você chega a uma reconciliação com Deus na qual podemos resumir em uma só palavra: Graça.
A bíblia diz em Atos 3:19

“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR,”

E em Efésios 2: 8

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”

Graças a Deus há uma salvação para todos nós, pela mensagem da Cruz e reconhecendo que precisa de Deus o homem pode finalmente se reconciliar com Deus.Por Jesus Cristo a única Esperança.Por tanto fica uma reflexão: Do que adianta ter fortunas de dinheiro, se não há uma paz de Espirito. Do que adianta ser influente nesse mundo se você não tem contato com o seu criador? Pense bem: Mais vale um dia na presença de Deus, do que mil anos sem Ele.

Autor: Heverton de Oliveira

Pregue com Trovões

Sempre me perguntei: “Como o envagelho deve ser pregado?”. Sim, porque a maneira que se prega é tão importante quanto o conteúdo que se anuncia.
Uma parte principal do evangelho é a lei. Não começamos falando de Cristo e sim da Lei, porque segundo Paulo, ela é a grande responsavel para nos conduzir a Cristo (Gl 3:24), visto que as pessoas só irão ver o salvador após enxergarem os seus pecados.
E sabe como a Lei foi dada? Através de relampagos e trovões levando todos aqueles que estavam diante do monte Sinai a ficarem apavorados. As vezes vejo um pregador calmo, “cheio de amor” dizendo: “Filhinhos, não façam isto e nem aquilo. Isto é errado”, e ele pensa que agindo desta maneira está pregando. Mas pregação do evangelho é Paulo que se levanta como um Leão diante do governador e “Dissertando ele acerca da justiça, do domínio próprio e do Juízo vindouro, ficou Félix amedrontado” (At 24:25). Sabe por que poucas pessoas se convertem verdadeiramente em nosso meio? É que ninguém mais fica com medo. Todos saem dos cultos se sentindo bem consigo mesmos.
Mas o dia em que pregarmos a palavra como Paulo e os profetas fizeram, as pessoas irão clamar em desespero: “Meu Deus, estou perdido, miseravel homem que sou. Eu estou em apuros. O que posso fazer diante da minha atual miséria?”. Aí então elas serão salvas, pois primeiro vem a lei, depois a graça. Antes se se levantar em cristo é preciso cair de mim mesmo (Lc 2:34). E só encontra a paz de Deus quem primeiro ficou atormentado com seus pecados.


Autor: Pr. Rodrigo David Mocellin 


Gratidão

Jo 6:1-12

O cristão verdadeiro vai passar sim por dias de angústia, tristeza e dor, mas isto não quer dizer que ele precisa viver se sentindo faminto espiritualmente, levando uma vida de vazio e sequidão constante na alma. Sendo assim, qual é o caminho para a felicidade? A maneira como Jesus fez o milagre da multiplicação dos pães nos dá a resposta.
Diz a bíblia que ele pegou os cinco pães e “tendo dado graças, distribuiu-os entre eles”, e com isso mais de dez mil pessoas foram satisfeitas. Agora, eu quero que você preste atenção em algo: a simplicidade do feito. Cadê o trovão? O relâmpago? O fogo caindo do céu? Não, apenas um agradecimento trouxe um milagre estrondoso.
A felicidade também não vem de coisas fantásticas como ganhar na Mega Sena, passar na faculdade ou conquistar o príncipe encantado. Isto tudo traz momentos de alegria, agora o que nos leva a ter uma vida constantemente feliz, aquilo que nos deixa alimentados espiritualmente todo dia é ter um coração grato diante das pequenas coisas da vida por que; a gratidão é milagrosa.


A atitude interior é mais importante que sua circunstância exterior

Ao dizer isto, não estou menosprezando as circunstancias, mas diminuindo seu poder de influencia sobre nós. Às vezes ouço alguém dizendo. “Antes era rico, porém infeliz. Agora, não tenho nada, mas aprendi a ser contente”. Veja, você é feliz não porque mudou sua situação econômica, e sim sua atitude interior. A riqueza não traz felicidade, mas a pobreza muito menos, entretanto a atitude de gratidão tem o poder de nos fazer como Paulo: feliz com pouco ou muito.
Jesus ordenou que os discípulos alimentassem a multidão, mas eles responderam: Não lhes bastariam duzentos denários de pão, para receber cada um o seu pedaço”. Esta é a descrição do ser – humano comum. Não importa quanto você dê a ele, nunca será o suficiente. Quando perguntaram ao homem mais rico de sua época, Rockfeller, sobre quanto ele precisaria para se sentir satisfeito, sua resposta foi: “Apenas um pouco mais!”.
Fl 4:11 “aprendi a viver contente em toda e qualquer situação”. Para o apóstolo, felicidade não é algo que se encontra, mas que se aprende. Filipenses é a carta da alegria, aja visto que esta é uma das palavras que mais se ressalta nesta epistola. No entanto, Paulo a escreveu quando estava na prisão.
Gratidão é uma atitude. Assim como somos tentados sexualmente, o mesmo se dá com a ingratidão. Você precisa dizer não para o sexo ilícito e também necessita dizer não para o desanimo, a infelicidade que são todos sentimentos gerados pela ingratidão. Por isto a ordem: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos” (Fl 4:4). Se felicidade fosse algo que eu não tenho controle, seria ridículo ordenar o impossível.
Israel não sabia desta verdade e por isto viveu num deserto durante quarenta anos, tudo porque era um povo murmurador. Reclamavam no Egito, no deserto e em Canaã. Não adianta mudar de lugar alguém que não mudou de atitude. Portanto, se você não é feliz com mil reais, não será com dez mil. Se não tem alegria no fusca, não terá no Vectra. Sendo assim, antes de colocar um carrão na garagem, ponha gratidão no coração.
“Quando tiver aquela casa… Quando conseguir aquele emprego… Quando me formar serei feliz. O ser – humano tem a tendência de colocar sua felicidade no amanhã. Sabe por que? Para o ingrato, o que ele tem nas mãos hoje é sempre insuficiente.
Mas quem pode dar graças por cinco pães? Quem pode ter um coração grato mesmo diante de coisas pequenas? Quem tem Deus. A primeira evidencia de que você viu a grandeza de Deus está no fato de você ter avistado a pequenez do homem. Contemplar a santidade divina, faz com que vejamos a podridão humana. Quem sabe que é pecador também sabe que não merecia nada, ou melhor, merecia o inferno. Sendo assim, para quem não merecia nada, qualquer coisa já é lucro.
Pergunte a um ímpio o quanto ele ganha e a reposta será: “Ganho menos do que mereço”. Faça a mesma pergunta a um homem que conhece a Deus e a resposta sempre será: “Ganho mais do que mereço!”.

1- Gratidão e comparação não combinam

Jesus ordenou que se dividissem as pessoas em grupos de cem e cinqüenta tornando assim mais fácil a divisão dos pães que seriam distribuídos (Mc 6:40). Será que o Senhor deu partes iguais a todos os grupos? Não sei como ele fez aqui, mas quase nunca ele dá a mesma medida para todos.
Em Mateus 20 ele conta a parábola dos trabalhadores, onde chama pessoas as sete da manhã e lhes promete pagar 100 R$. Depois às cinco horas da tarde, faltando portanto, apenas uma hora para acabar o expediente, ele contrata mais pessoas. Então, na hora de acertar as contas ele chama aqueles que trabalharam apenas uma hora e lhes dá 100 Rs. Depois convoca aqueles que trabalharam o dia inteiro e lhes dá os mesmos 100 R$. Estes ficam revoltados e dizem: “Como eles podem ganhar o mesmo que nós que trabalhamos o dia todo?”. O mestre responde: “Para você eu paguei o que foi combinado, mas para ele eu dei além. Contigo eu fui justo e com ele gracioso, pois faço o que eu quiser com aquilo que é meu”. Jesus é sempre justo, mas nem sempre gracioso (Rm 9:15). Por exemplo, Ele foi justo com o diabo, mas gracioso com o homem. Jamais poderemos dizer que Deus foi injusto conosco. Não merecíamos nada, então se isto acontecer ele está sendo justo. Agora, a questão é que ele decidiu dar para alguns. Por que? Não sei.
O que trouxe murmuração aos trabalhadores? O que eles receberam? Não, o que os outros ganharam. Este é o problema do homem, nossa felicidade é medida não com base no que temos e somos e sim no que os outros tem. E por isto somos infelizes. Certo psicólogo disse que a felicidade do ser-humano não é ter um BMW, mas sim ter um BM enquanto meu cunhado tenha um fusca. Você não quer um Honda Civic por conforto, mas porque ninguém tem. No nosso país as mulheres amam o cabelo liso pelo mesmo motivo.
Até o nosso consolo é medido com base na vida do vizinho. Palestrantes motivacionais gostam de dizer: “Se você está triste porque não tem chinelo, lembre-se que existe alguém que não tem pé”. Ou seja, a gente começa a sentir melhor simplesmente por saber que tem um cara ali mais desgraçado do que eu.
É por estas e outras que a inveja é a mãe da ingratidão e da infelicidade. É comum dizemos: “Estou morto de inveja!”. Está corretíssimo, porque inveja e homicídio estão intimamente ligados. O primeiro assassinato aconteceu motivado por inveja e Tg 4:2 diz “cobiçais e nada tendes; matais, e invejais”. Amizades, casamentos, igrejas morrem por causa da inveja.
Como matar aquilo que nos mata? Primeiro, reconheça que você a tem, visto que o primeiro passo para a salvação é a confissão. Segundo, reconheça que o Senhor é bom e justo.

2- Agradeça em tudo

I Ts 5:18 “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”.
Algumas pessoas só conseguem enxergar a mão de Deus quando Ele envia maná do céu ou água da rocha. Mas o Senhor age muito mais no ordinário do que no extraordinário. Quantas vezes Jesus andou sobre águas? Uma. Quantas vezes ele usou um barquinho? Várias.
Como será que foi o milagre da multiplicação? Algo estrondoso, onde de repente milhares de pães começaram a surgir? Ou então algo meio que imperceptível? Os discípulos iam distribuindo os pães e meio que sem perceber e eles nunca acabavam? Jesus não nos conta, mas de qualquer maneira houve um milagre ali.
Você pode não perceber, mas Ele está sempre fazendo um milagre em nossas vidas. Seu salário não caiu do céu, mas ele não deixa de ser a provisão do Senhor somente porque veio do seu patrão. Você era estéril e mesmo assim teve um filho? Glória a Deus é um milagre. Você era saudável e teve um filho? Glória a Deus, isto também é um milagre, pois é maravilho ver que do esperma humano, de um gosminha brota vida inteligente, que pensa, sente… é maravilhoso (Sl 139:14).
Um rapaz questionou o velho sábio: “Como eu faço para ver Deus?”. O velho retrucou: “Bom garoto, o meu problema é outro. Eu não consigo deixar de vê-lo”. O pão pode chegar a sua mesa de muitas maneiras, mas sempre será pela mão do Senhor.


3- Gratidão é o caminho para multiplicação

Daqueles poucos pães, milhares brotaram. Tudo isto através da gratidão.
Não creio que devemos buscar riquezas (I Tm 6:9). Quem garantiu riquezas neste mundo não foi Jesus, e sim o diabo, dizendo se Jesus se prostra-se, seria lhe dado “os reinos deste mundo”.
Mas por outro lado não acredito que pobreza seja de Deus. Deus pode usá-la para nos transformar (Dt 8:2), mas ela não e invenção divina. A cruz também não e mesmo assim Jesus a usou para trazer salvação.Contudo achar que pobreza é uma coisa bonita é erro terrível: “pois tudo que Deus criou é bom, e, recebido com ações de graças, nada é recusável” (ITm 4:4). O que Deus criou? Muitas coisas, e dentre elas a matéria, as coisas materiais.
Devemos buscar o muito, a abundancia de Deus. Mas falando materialmente, o muito, segundo a bíblia para o cristão é o suprimento para as suas necessidades (I tm 6:8).
Mas eu também creio que este “muito” é espiritual. Deus é um Deus de abundancia: meu cálice transborda, vim trazer vida e vida em abundancia. Jesus tem este alimento para a nossa alma. Como adquirimos? Entrega sua vida, renuncie a si mesmo, faça como o menino, entregue os pães para Jesus, pois na mão dele, o pouco vira muito.